Economista (FAE.1984) e formando em Gestão Ambiental (UniDomBosco.2021), natural de Jesuítas (PR) e radicado em Curitiba desde 1980, é o fundador e diretor da SolarVAC (tecnologia para aquecimento solar) e da Abade Energias Renováveis.

Sua trajetória é um exemplo de força de vontade e inspiração para aqueles que querem se desenvolver dentro de uma carreira.

Se pela definição clássica a humildade “é a virtude de conhecer suas próprias limitações e agir de acordo com essa consciência”, é justamente no verbo “agir” desta frase que encontramos o diferencial que apresentamos neste relato.

Em 1994 fundou a Abade Aquecimento, à época uma prestadora de serviços de conserto de eletrodomésticos da linha branca, tais como fogões, fornos, máquinas de lavar e secar roupas, geladeiras, freezers e micro-ondas. Rapidamente a empresa tornou-se referência pela qualidade dos serviços prestados e também iniciou a comercialização dos produtos para os quais até então prestava assistência técnica.

Já neste período Zilton estudava as tendências de mercado para bem atender ao mercado de aquecimento de água e ambientes. A tecnologia de aquecimento entra definitivamente no portifólio da empresa e são promovidas especializações em hidráulica e aquecimento a gás e solar para todos os profissionais do time.

Com a crise energética de 2001, muitos clientes que não possuíam aquecedores em suas empresas ou residências, sofreram com a falta de energia elétrica e amargaram desde a interrupção de linhas de produção até o banho frio em Curitiba. Esta condição promoveu um salto no faturamento da empresa e permitiu que os horizontes fossem alargados: era hora de inovar.

 

Tecnologia de aquecimento solar

Os coletores solares utilizados à época (e ainda utilizados por algumas empresas) eram os denominados de “placa plana”. Consistiam basicamente em placas acrílicas por onde circulava a água que era aquecida pelos raios solares. Mesmo considerando a economia obtida ao aquecer a água sem dispender energia elétrica ou gás, esta tecnologia apresenta deficiências, em especial o congelamento em baixas temperaturas, fissuras ou rachaduras nos equipamentos e baixa resistência perante granizo ou outros choques mecânicos.

As rotinas de pesquisa e desenvolvimento, participação constante em feiras, congressos, workshops e a manutenção e expansão da rede de contatos, levaram ao conhecimento do empresário uma nova opção para atender o mercado de aquecimento solar: os tubos a vácuo.

Trata-se de tecnologia de ponta, na qual o material que absorve os raios solares são tubos de vidro, com interior a vácuo e revestidos internamente com bóro-silicato. Estes equipamentos são projetados para trabalhar com baixa ou alta pressão de água, são modulares e apresentam altíssima eficiência energética, aquecendo água até mesmo com tempo nublado.

Mas havia mais um passo a ser dado para consolidar esta solução: não haviam fabricantes destes equipamentos no Brasil (ainda não há) e os produtos eram projetados para outras realidades climáticas diferentes das nossas. Era hora de alargar os horizontes.

 

Não basta negociar, é preciso estabelecer laços fortes

Preparando-se para tanto, foram empreendidas viagens de negócio à Europa, Estados Unidos da América e China. Foram discutidas com os parceiros internacionais nossas realidades climáticas e nossa cultura de construção civil.

A partir de especificações técnicas trabalhadas na Abade, os projetos dos produtos foram modificados e os novos equipamentos foram manufaturados sob encomenda. Era 2007 e nascia a SolarVAC!

Especificando, importando e distribuindo equipamentos de aquecimento solar para todo o Brasil, em especial para as regiões sul e sudeste, a SolarVAC se consolidou como pioneira e líder de mercado. Zilton Stange hoje é o presidente da AERISA – Associação das Empresas Importadoras de Tubos à Vácuo do Brasil e participa ativamente dos fóruns que discutem os rumos do aquecimento solar térmico no Brasil, junto ao INMETRO.

Além dos coletores solares para aquecimento de água, a SolarVAC também trabalha com tecnologia para aquecimento a biomassa de altíssima eficiência e está na fase final do desenvolvimento de um aplicativo (App e hardware) para controle de sistemas de aquecimento industriais e residenciais.

 

Eficiência Energética, Energias Renováveis e Inovação

As energias renováveis têm ganhado atenção mundial, frente aos desafios que a sustentabilidade ambiental e econômica nos impõem a cada dia. Mas não basta buscar ser ecologicamente correto. É fundamental ser economicamente viável e tecnicamente aplicável.

Nem toda fonte energética alternativa é renovável. Classificar uma fonte energética como renovável não significa que necessariamente esta fonte seja eficiente ou mesmo limpa.

O futuro depende de nossa capacidade de analisar corretamente nossos recursos e demandas para assim orientar os investimentos em busca do equilíbrio. Bem utilizar os recursos energéticos já disponíveis pode ser mais econômico e eficiente do que investir em novas fontes energéticas para depois gastar mal a energia gerada – e infelizmente o Brasil ainda nutre uma cultura de não-eficiência na aplicação dos recursos energéticos.

SolarVAC e Abade Energias Renováveis são duas empresas que se completam no oferecimento de suas soluções: do estudo de viabilidade, passando pelo fornecimento dos equipamentos e o projeto, instalação, suporte e manutenção dos sistemas de aquecimento ou geração de energia elétrica implantados.

Aquecimento solar com tubos a vácuo, aquecimento a biomassa de altíssima performance, aquecimento com reaproveitamento de óleos e combustíveis usados, reaproveitamento de água de chuva, co-geração de energia elétrica fotovoltaica e micro-eólica são apenas algumas das tecnologias trabalhadas, porém o mais importante é a filosofia implícita nesta abordagem: alcançar a eficiência no uso de energias térmica e elétrica é muito mais do que instalar sistemas de geração de energia renovável. É necessário olhar para a cadeia de consumo, entendê-la e otimizá-la.

Um exemplo simples: é irracional gerar energia fotovoltaica para aquecer água com uma resistência elétrica ou iluminar ambientes com lâmpadas incandescentes. Seu consumo terá um impacto muito maior (ineficiência) do que aquilo que consegue gerar (eficiência).

As maiores redes hoteleiras, indústrias alimentícias e de transformação clubes e redes de academias, cooperativas agroindustriais, condomínios e muitíssimas famílias em suas residências se beneficiam das soluções projetadas e implantadas pela Abade / SolarVAC. Conheça e surpreenda-se com a inovação produzida no Paraná.

Encerramos este artigo com uma frase de Augusto Cury, um dos escritores preferidos de Zilton Stange:

“As grandes ideias surgem da observação dos pequenos detalhes”.

Cassiane Zambão

Cassiane Zambão

Marketing ACP

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.