Maurício Appel, através de seu filme O Preço da Paz, revela o Brasil do final do Século XIX, com cenários complexos de um período marcado por transformações sociais, políticas e econômicas. Na época, a Revolução Federalista (1893-1895) cravou cicatrizes profundas nas terras paranaenses. Os municípios da Lapa e Curitiba foram invadidos e tomados pela fúria dos Maragatos.

Nos primeiros meses de 1894, a população da capital viveu dias de tensão e terror que foram dissipados pela inteligência e sensibilidade de Ildefonso Pereira Correia, Barão do Serro Azul, que uniu e organizou esforços para garantir a vida e a dignidade seus residentes.

A ousadia da produção do filme O Preço da Paz é um divisor de águas e de ventos na história do audiovisual do Paraná, é fonte de inspiração e exemplo de empreendedorismo, dos múltiplos dons de Maurício Appel, é um narrador minucioso que encontra a essência dos seus personagens que ressignifica histórias e trajetórias.

Para conhecer mais sobre o filme, acompanhe a seguir.

Sobre o Filme

“O Preço da Paz”, 2003, Drama, 103 min, retrata um momento crucial da história do Brasil – a Revolução Federalista – e evidencia a determinação dos revoltosos gaúchos que ficaram conhecidos ao longo do tempo como “Maragatos”. A história se passa no final do século XIX, quando um golpe do Presidente Floriano fecha e, logo em seguida, reabre o Congresso Nacional, para colocar “à mesa” de decisões um grupo de correligionários que rezavam pela sua cartilha. No sul do país, inconformados, os idealistas Maragatos se insurgem e avançam para o Rio de Janeiro. O intuito: juntar-se às tropas do Almirante Saldanha

para, juntos, deporem o presidente. Nesse avanço, os revoltosos vão se defrontando em sangrentas batalhas com os Pica-paus, como eram chamados os soldados florianistas. Ultrapassadas as fronteiras do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, as forças populares gaúchas chegam ao Paraná e se aproximam da capital Curitiba.

“O Preço da Paz” teve Direção de Paulo Morelli e Roteiro de Walther Negrão, tendo no elenco Herson Capri, Lima Duarte, Giulia Gam, José de Abreu, Camila Pitanga, Danton Mello, entre outros atores e atrizes.

Prêmios

  • Em Agosto de 2003, no Festival de Gramado, o filme ganhou os Kikitos de Melhor Filme pelo Júri Popular, Melhor Direção de Arte, Melhor Montagem e recebeu o Prêmio Projeta Brasil dos exibidores;
  • Em Janeiro de 2004, o filme recebeu o Troféu Barroco como Melhor Filme escolhido pelo Júri Popular na 7ª Mostra de Cinema de Tiradentes, com a presença do Governador de Minas Gerais;
  • Em Abril de 2004, o filme recebeu o Prêmio Talentos do Paraná;


Exibições do Filme

  • RPCTV
  •  Canal Brasil
  •  TV Cultura
  •  Canal Futura
  • Canal Prime Box Brasil
  • TV Assembléia do Paraná
  • Canal ÓTV, Grupo GRPCom

 

– Atualmente, o filme está disponível no iTunes, Google Play e Now da Claro/Net. A O2 Play é a agregadora responsável pelo lançamento em VOD (Video on Demand) nas plataformas digitais e pertence à O2 Filmes, considerada, atualmente, a maior produtora de cinema do Brasil.

Para acompanhar o trailer do Filme, clique aqui.

Curiosidades

  • 3.500 refeições servidas
  •  4.200 pernoites de hotéis
  •  230 pessoas na equipe
  •  Mais de 1.000 figurantes
  •  1.300 peças de figurino
  •  483 cavalos participaram das gravações
  • Orçamento total de $ 2.600.000 (dois milhões e seiscentos mil dólares)
  • Apresentação do filme no Palácio dos Bandeirantes – beneficente e com a presença do Governador de São Paulo (em 28.08.2003);
  • O filme é apresentado nas comemorações dos 150 anos do Paraná com a presença do Governador do Paraná, em 07.09.2003;
  • Avant Premiére do Filme no Teatro Guaíra, em parceria com o Hospital de Clínicas. A locomotiva foi colocada, funcionando, em frente ao Teatro durante três dias. Ao final da exibição do filme as pessoas entravam na cena do final do filme (em 07.10.2003);
  • Em Outubro de 2003, o filme foi exibido na 27ª Mostra de Cinema de São Paulo e em Novembro, do mesmo ano, no Festival de João Pessoa;
  • Em Janeiro de 2004, Baile de Gala do Clube Curitibano teve o filme como tema;
  • O Filme foi apresentado em sessão especial para os senadores em Brasília (em 16.11.2004);
  • Em 07.12.2004, baseado no filme, o senador Osmar Dias apresentou no plenário do senado o projeto de Lei reconhecendo o Barão do Serro Azul como Herói da Pátria;
  • Em 15/12/2008, foi sancionada a Lei 11.863 de 15/12/2008, sendo inscrito o nome de Ildefonso Pereira Correia, o Barão do Serro Azul, no Livro dos Heróis da Pátria, depositado no Panteão da Liberdade e da Democracia em Brasília. É o único paranaense a ter este título;
  • Em 28/07/2009, o filme foi exibido no Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo – CCBB/SP na abertura da Mostra “Lima Duarte: Profissão Ator”, em homenagem aos 60 anos de carreira do Ator. Em setembro de 2009, foi exibido na mesma mostra, no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro;
  • Em 14/07/2010, o ator Herson Capri recebe a Comenda da Associação Comercial do Paraná por sua atuação como o Barão do Serro Azul no Filme ‘O Preço da Paz’;
  •  Em Maio de 2013, o filme é exibido na Mostra “Brasil Tela para Todos” no Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo;
  • De Agosto a Dezembro de 2013, o filme foi exibido no Projeto Extensão – Cinema na Lapa da Faculdade de Artes do Paraná, no município de Lapa;
  • Em Setembro de 2013, o filme foi exibido no Cine Conhecimento do CANAL FUTURA;
  • Em 24/06/2014, palestra do Produtor do Filme “O Preço da Paz”, Maurício Appel, foi realizada no Programa “Encontro com a Palavra Especial” no Graciosa Country Club, em homenagem a Túlio Vargas e em comemoração aos 10 anos da Biblioteca Bento Munhoz da Rocha Neto;
  • Em Agosto de 2020, o produtor do filme Maurício Appel recebeu da Associação Comercial do Paraná a Comenda do Barão do Serro Azul pelo seu trabalho como idealizador e produtor do filme “O Preço da Paz”, que conta a saga de Ildefonso Pereira Correia, o Barão do Serro Azul;
  • Atualmente, o filme está disponível, gratuitamente, pela Associação Comercial do Paraná.
Cassiane Zambão

Cassiane Zambão

Marketing ACP

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.