O linguajar empreendedor é repleto de termos em inglês, siglas e jargões. Quem tem pouca familiaridade costuma confundir “business plan” com “business model”, ou “e-mail marketing” com “newsletter”, por exemplo. Para que você não cometa mais essas e outras gafes, criamos este glossário do empreendedorismo. Nele, você encontrará 106 termos que todo empreendedor precisa saber. 

Aproveite! 

 

Glossário do empreendedor

 

A

 

Aceleradoras

Instituições de capital privado que financiam empresas com alto potencial de crescimento. Também são conhecidas como incubadoras.

 

AIDA

Acrônimo para Atenção, Interesse, Desejo e Atenção. Trata-se de uma técnica para guiar o consumidor até a compra. Primeiro devemos chamar sua atenção, depois, conquistar seu interesse. Então, criamos desejo e o levamos à ação, isto é, a tomada de decisão. 

 

Analytics

Também conhecido como “inteligência analítica”. Diz respeito a descoberta e interpretação de padrões de dados. Essa análise favorece a tomada de decisão, tornando-a mais efetiva. O Google Analytics seria, então, a inteligência analítica do Google. 

 

Aporte

Contribuição para um determinado fim, podendo ser financeira, moral, social ou científica. 

 

API (Application Programming Interface)

Conjunto de padrões de programação que permite que um software interaja com o outro. 

 

Automação de marketing

Uso da tecnologia para automatizar atividades individuais e repetitivas do marketing, como disparo de e-mails e publicações nas redes sociais. É utilizada para potencializar o marketing digital e tem como objetivo agir em escala e aumentar os resultados da empresa. 

 

B

 

Benchmarketing

Processo de análise de uma empresa em comparação à concorrência. Busca compreender qual é sua fatia de mercado, diferenciais competitivos e novas oportunidades de negócio. 

 

Bootstrapping 

Quando o próprio empreendedor arca com os custos da empresa, sem recorrer a ajuda de terceiros. 

 

Brainstorm

Técnica criativa de resolução de problemas. Durante a dinâmica, os participantes confabulam ideias, por mais absurdas que sejam, a fim de gerar novos insights. 

 

Branding

Processo criativo e estratégico no qual se define o posicionamento da marca no mercado, assim como sua personalidade. 

 

Break-even

É o ponto de equilíbrio, ou seja, quando os custos da empresa são iguais às suas receita.  

 

BOFU

Sigla em inglês utilizada para assinalar ações e leads de fundo de funil. 

 

Business canvas

Um quadro contendo, de maneira sucinta, todas as informações que se referem ao modelo de negócios da empresa.

 

Business model

Também conhecido como “modelo de negócios”, mapeia todos os pontos e processos necessários para a empresa tirar as ideias do papel. Nele são pontuados: atividades, recursos e parcerias chave, estrutura de custos, fontes de receita, proposta de valor, relacionamento, canais e segmento de clientes. 

 

Business plan

É o plano de negócios, ou seja, o planejamento. Fazem parte deste documento: dados da empresa, sócios, descrição de produtos e serviços, estratégias de comunicação e de marketing, KPIs, etc. Tem influência direta no “business model”, visto que influencia sua atuação. 

 

O plano de negócios é utilizado para apresentar a empresa aos investidores. 

 

C

 

CAC (Custo de Aquisição de Clientes)

Índice que mede quanto um cliente custou para realizar a venda. Quanto maior o CAC, menos eficiente é a sua estratégia. 

 

Call

Ligação de vídeo ou áudio entre colaboradores, parceiros, fornecedores e clientes. “Vamos fazer uma call para resolver esse assunto”. 

 

Canvas

Ferramenta visual em formato de quadro que auxilia empreendedores a elaborar modelos de negócio e estratégias de comunicação. Exemplos: business canvas, buyer persona canvas, digital marketing canvas, etc. 

 

Capital de giro

Recursos necessários para cobrir custos extras da empresa e mantê-la ativa caso haja algum problema. 

 

Captação de recursos

Esforço feito para obter investimentos, sejam eles empréstimos bancários, fundos de investimento, investidores-anjo ou, até mesmo, crowdfunding. 

 

Conversão

Quando um visitante em um site atinge um objetivo pré-determinado, como: pedido de orçamento, compra online, download de eBook, cadastro em uma newsletter ou preenchimento de formulário. 

 

Coworking

Espaço de trabalho compartilhado por várias empresas. Um ambiente propício para o networking e troca de conhecimentos. 

 

CPC (Custo por Cliente)

É utilizado como forma de cobrança em anúncios pagos. Quando criamos uma campanha de anúncios, pagamos pela quantidade de clientes, afinal, o objetivo é que as pessoas interajam com ele. Esta é uma boa métrica para medir o desempenho de mídias pagas. Para calculá-la, divida o total gasto pelo número de cliques. 

 

CPA (Custo por Aquisição)

É a métrica mais cara, pois você pagará apenas quando atingir o objetivo da campanha.  O CPA deve ser lucrativo quando comparado com o preço médio de venda de um produto. Esse indicador é útil tanto para a equipe de marketing quanto para a equipe de vendas. 

 

CRO (Conversion Rate Optimization)

Ou “Otimização da Taxa de Conversão”, é uma estratégia de aprimoramento constante dos elementos de um site com o intuito de atrair e converter mais leads. O objetivo do CRO é melhorar a taxa de conversão ou, em outras palavras, tornar o processo de vendas mais eficiente. Essas melhorias são realizadas, principalmente, por meio de testes, a fim de compreender quais elementos do site dão mais ou menos resultado. 

 

Crowdfunding

Quando uma empresa ou iniciativa recorre ao financiamento coletivo para tirar suas ideias do papel. Essa “vaquinha” ocorre em plataformas específicas como o Catarse, onde o beneficiado oferece recompensas para quem o apoiou. 

 

CRM (Customer Relationship Management)

Conjunto de técnicas, estratégias e tecnologias voltadas para o relacionamento com o cliente, apresentadas em uma plataforma digital. 

 

CTA (Call-To-Action)

É uma chamada para a ação, composta por um link e/ou botão, com uma cor em destaque e termos no imperativo (“acesse”, “clique”, “compre”, etc). É bastante utilizado em sites, e-mails e anúncios, indicando ao usuário o que deve ser feito. 

 

CTR (Click Through Rate)

Corresponde ao número de cliques em uma página dividido pelo número de visualizações. Essa taxa é importante para avaliar o desempenho de anúncios online. 

 

Customer development

Metodologia que permite testar, validar e mudar um produto, mesmo depois de lançado. Muito utilizada por empresas iniciantes que têm dificuldade em definir seu modelo de negócios. 

 

D

 

Deal breaker

Fator que impede a negociação ou que influencia a quebra de um acordo. Também conhecido como um dos maiores pesadelos dos empreendedores. 

 

Deal maker

Fator que potencializa negociações e faz seus clientes se apaixonarem por sua empresa. Ao contrário do “deal breaker”, é uma das maiores ambições dos empreendedores. 

 

Due Diligence

Processo de auditoria realizado por investidores em startups, onde são avaliados todos os setores, modelo e plano de negócios e possíveis irregularidades. 

 

E

 

Earnout

Acordo que garante a atuação em uma empresa por parte de um empreendedor. Certifica, também, uma compensação financeira caso ele decida vender o seu negócio. 

 

Escalabilidade

Termo bastante utilizado por empresas que querem crescer rápido. Refere-se a capacidade de replicar um produto, serviço ou atividade de maneira rápida e efetiva, visando atender um mercado consumidor de massa ou um grande público. 

 

eCommerce

Termo em inglês que se refere ao comércio eletrônico e as lojas virtuais. 

 

eBook

Livro digital, disponibilizado para download gratuito ou não em uma plataforma online. 

 

E-mail marketing

Estratégia de marketing digital baseada na comunicação via e-mail. Exemplos: ofertas, promoções, confirmações de compra e newsletters. Por muito tempo, o e-mail marketing foi visto como uma versão digital das propagandas por correspondência. Mas, ele evoluiu e hoje é uma das maneiras mais pessoais de se comunicar com o público-alvo. 

 

Empreendedorismo corporativo

É empreender dentro da empresa onde você trabalha. O intraempreendedor encontra oportunidades de crescimento nos problemas do dia a dia e é capaz de inovar constantemente. 

 

Empreendedorismo social

Negócios com fins lucrativos que oferecem soluções para problemas sociais ou ambientais, como lixo, educação e saúde. São empresas motivadas por uma causa e que desejam impactar positivamente a sociedade. 

 

F

 

Facebook Ads

Plataforma de anúncios do Facebook. Um dos canais mais utilizados pelas empresas para divulgar sua marca e produtos online. 

 

Filial

Toda pessoa jurídica pode ter mais de um estabelecimento. A essas utras unidades damos o nome de filial, onde todas estão subordinadas à matriz. 

 

Follow-up

Significa “acompanhamento”, em inglês. Podemos fazer uma reunião de “follow-up” entre a equipe, por exemplo. Ou ainda, ações de “follow-up” para averiguar se o leads está próximo a fechar a venda. 

 

Franquias

Sistema comercial onde o proprietário de uma marca cede a outro empreendedor o direito de utilizá-la, assim como o direito de vender e distribuir seus produtos. Dependendo da franquia, o direito de distribuição pode ser exclusivo ou não. 

 

Funil de vendas

Um modelo que permite identificar cada etapa do processo de vendas, facilitando o desenvolvimento de ações comerciais e de marketing. É utilizado para atrair potenciais clientes e transformá-los em consumidores. 

 

G

 

Google Ads

Plataforma de anúncios do Google. Um dos canais de mídias paga mais utilizados pelo marketing digital, assim como o Facebook Ads. 

 

Growth Hacking

Metodologia de validação de ideias e solução de problemas. A ideia é testar hipóteses de maneira rápida e econômica, medir seu desempenho e, então, lapidar a versão final conforme os resultados alcançados. Essa técnica é bastante utilizada no marketing. 

 

H

 

Hub

É a evolução dos grupos, um espaço físico ou digital que reúne pessoas com interesses em comum. Existem hubs de criatividade, de inovação e, inclusive, hubs de negócios. Nesse último, empresas unem forças para gerar novos negócios e, com isso, aumentar as vendas e fortalecer a atuação no mercado.

 

Hurdle Rate

Taxa mínima que um investidor deseja receber após apostar e financiar um negócio. 

 

I

 

Inbound Marketing

Técnica de publicidade online onde uma empresa promove sua marca e seus serviços a partir de conteúdos (posts-blog, eBooks, vídeos, newsletters, etc). Seu intuito é atrair leads e, por isso, é também conhecida como marketing de atração. 

 

Incubadora

Equivale às aceleradoras. Instituições de capital privado que financiam empresas iniciantes e aceleram seu crescimento. 

 

Infográfico

Conteúdo explicativo, majoritariamente visual, com textos curtos. Pode conter ícones, ilustrações e/ou imagens.

 

Insight

Compreensão de um problema ou situação. É quando temos um momento de “revelação” sem considerar experiências anteriores. 

 

Inside Sales

Modalidade de vendas realizada dentro da própria empresa. Nela, o vendedor utiliza e-mails, ligações telefônicas e calls para se comunicar com o cliente, o que reduz custos com deslocamento e aumenta a produtividade. 

 

Investidor-anjo

Investidores que acreditam no potencial de uma startup e, por isso, oferecem um aporte financeiro. Além disso, trazem toda a infraestrutura, mentoria e contatos necessários para o negócio prosperar. Em troca, recebem um percentual da empresa. 

 

J

 

Joint venture

Parceria entre duas empresas para obter lucros financeiros ou operacionais. 

 

K

 

KPIs (Key Performance Indicators)

São as métricas que indicam o desempenho das ações de marketing e de vendas. O CAC, o CPC e CTR, por exemplo, são KPIs. Conheça outros indicadores

 

L

 

Lead

É o potencial cliente, ou seja, a pessoa física ou jurídica que demonstra interesse em seu produto. 

 

Lead scoring

Técnica que permite avaliar a “temperatura” de um lead, isto é, o quanto ele está propenso a realizar uma compra. 

 

Lean startup

Método para desenvolver produtos e serviços atingindo mercados com a máxima eficiência. Nessa metodologia, clientes são convidados a participar do processo.

 

Links patrocinados

São anúncios em forma de texto simples. O formato mais conhecido é nos mecanismos de busca. Faça um teste agora mesmo! Digite uma palavra “marketing digital” no Google e veja links patrocinados no topo da busca. Também é possível patrocinar links dentro das redes sociais. 

 

Love money

Aporte captado por empreendedores com ajudinha de amigos ou familiares. Como tudo é baseado na confiança, não há necessidade de contratos ou avaliação de riscos do negócio. 

 

M

Marketing de conteúdo

Processo de criar, publicar e promover conteúdos personalizados para uma marca. A ideia é informar e conquistar clientes ao transmitir credibilidade e confiança. Fazem parte dessa estratégia posts em blogs e mídias sociais, e-mails marketing, newsletters, eBooks, infográficos, vídeos, podcasts, entre outros veículos. 

 

Marketing digital

Se você não conhece esse termo só pode ser de outro mundo! O marketing digital corresponde às estratégias e ações de marketing online, contando sempre com o apoio do marketing de conteúdo. 

 

Meetup

Encontro entre empreendedores de pequenas e médias empresas ou startups para discutir ideias, compartilhar experiências e fortalecer o networking. 

 

Métricas

São as medidas utilizadas para avaliar o resultado das ações de marketing e de vendas. 

 

MOFU

Sigla em inglês utilizada para assinalar ações e leads de meio de funil. 

 

MQL (Marketing Qualified Leads)

É o lead qualificado pelo marketing. Esse potencial cliente, já conhece o problema que precisa resolver e está em busca da melhor solução. O MQL precisa ser trabalhado pela equipe de marketing para se transformar em um SQL, no caso, um lead qualificado de vendas. 

 

N

 

NDA (Non-Disclosure Agreement)

Acordo de confidencialidade entre empresas e seus investidores. Utilizado para proteger informações que não devem chegar ao conhecimento público. O sigilo é garantido por meio de um contrato. 

 

Newsletter

Boletim informativo enviado por e-mail. Pode trazer notícias sobre a empresa, o mercado e outros assuntos relevantes tanto para a instituição quanto para o público-alvo.  Aliás, você assina nossa newsletter?

 

Networking

Ato de criar e manter uma rede de contatos. Uma ótima maneira de conhecer pessoas e empresas, transformando essas conexões em oportunidades profissionais. 

 

O

 

Open Source

Softwares de código aberto, isto é, que podem ser utilizados e modificados por qualquer pessoa. 

 

Outbound marketing

Estratégias tradicionais do marketing para a aquisição de clientes. Enquanto no inbound marketing você joga a isca e espera o peixe morder, no outbound você joga a rede. Exemplos: anúncios online e offline, banners, flyers, disparos de email e SMS, telemarketing, etc. 

 

Outsourcing

Termo em inglês para “terceirização”, quando contratamos outra pessoa para desenvolver uma área da empresa. 

 

P

 

Page views

Quantidade de visualizações em uma página. Serve para medir a audiência. 

 

Palavra-chave

São os termos utilizados pelos usuários para realizar uma pesquisa nos mecanismos de busca. Mapear as palavras-chave mais associadas ao seu negócio é essencial para uma estratégia de marketing digital e de conteúdo. 

 

Patente

Título de propriedade sobre uma invenção, nome ou ideia, a fim de evitar roubos e plágios. Tal documento é concedido pelo estado e tem duração de 15 a 20 anos, dependendo do modelo escolhido. 

 

Pipeline

Na área comercial é o mesmo que “funil de vendas”.

 

Pitch

Apresentação breve e, ao mesmo tempo, persuasiva utilizada pelos empreendedores quando pretender mostrar suas ideias a investidores. Deve explicitar a missão da empresa e seu potencial de negócio. 

 

Podcast

Transmissão de conteúdos em formato de áudio, geralmente compondo uma série. 

 

Pré-vendas

Equipe responsável por fazer um contato inicial com os leads, identificar suas dores e qualificá-lo. 

 

Q

 

Qualificação

Avaliar se o lead possui ou não as características do perfil ideal de consumidor

 

R

 

Rede de display do Google

Parafraseando o próprio Google, “um gripo de mais de 2 milhões de websites, vídeos e aplicativos onde seus anúncios no Google Ads podem ser exibidos.

 

Remarketing

Estratégia para impactar um mesmo cliente, com um mesmo produto, mas com uma nova abordagem. É uma segunda tentativa para conseguir uma venda. Não confundir com retargeting. 

 

Retargeting

Capacidade de mudar o público alvo de um produto, abordando-o de acordo com seus interesses. 

 

ROI (Return on Investment)

É o retorno sobre o investimento. Esse indicador mostra o quanto uma empresa está ganhando ou perdendo ao investir em uma ação. 

 

Royalties

Valor cobrado para que você possa utilizar a ideia de outra pessoa. No mundo dos negócios, a cobrança de royalties é bastante utilizada pelas franquias.

 

S

 

Seed capital

Do inglês, significa “capital semente”, aquele que é captado nas fases iniciais de uma empresa para que ela possa dar seus primeiros passos no mercado. 

 

SEM (Search Engine Marketing)

Essa sigla equivale ao conjunto de ações de marketing para mecanismos de busca, seja para atingir resultados orgânicos e/ou pagos. 

 

SEO (Search Engine Optimization)

Mais uma sigla famosa do marketing digital. SEO são ações para otimizar os resultados de uma marca nos mecanismos de busca. Não confundir com palavras-chave. 

 

SERP (Search Engine Results Page)

É a página do Google onde aparecem os resultados de uma busca. 

 

SQL (Search Qualified Lead)

No marketing essa sigla é utilizada para qualificar leads que estão mais próximos da compra. Prioridade máxima para a equipe de pré-vendas. 

 

Spin-off

Criação de um novo negócio partindo de uma “empresa-mãe”. 

 

Stakeholders

Todas as pessoas e instituições impactadas pela empresa: sócios, investidores, colaboradores, fornecedores e clientes. 

 

Startup

Negócios iniciantes e com alto potencial de crescimento, geralmente da área tecnológica. São empresas extremamente inovadoras, que iniciam as atividades com poucos recursos e uma equipe reduzida. Costumam atrair empreendedores que tem coragem de se arriscar. 

 

T

 

Taxa de conversão

Métrica que avalia o resultado real de uma estratégia. Mede quantos leads converteram em uma ação. (ver “conversões”)

 

Term Sheet

Documento que traz todos os termos e condições acordados entre empreendedores e investidores-anjo.

 

TOFU

Infelizmente não tem nada a ver com comida! Assim como as siglas, BOFU e MOFU, o TOFU diz respeito ao funil de vendas, no caso, ações e leads que estão no topo do mesmo. 

 

U

 

UI (User Interface)

Área onde humanos e máquinas interagem, podendo ser digital ou não. 

 

UX (User Experience)

Termo criado por Donald Norman, nos anos 90, para definir os elementos e fatores que influenciam a perceção de um usuário quando este interage com um produto, sistema ou serviço. Disciplina do design bastante empregada em produtos digitais, mas que não exclui produtos físicos. 

 

UX Writing

Vertente do UX que visa otimizar os textos de um produto digital, a fim de garantir uma melhor experiência para o usuário. 

 

V

 

Valuation

Significa “avaliação” em inglês. No universo empreendedor, esse processo estima o valor de mercado de uma empresa. 

 

Validação

Atividade que valida ou não hipóteses, ideias e ações. Deve ser constante dentro de um negócio.

 

VC (Venture Capital)

É o capital de risco, apoia empresas de pequeno e médio porte já estabelecidas e com potencial de crescimento. Dura em torno de 5 a 7 anos e financia as primeiras expansões. 

 

W

Webinar

Conteúdo em formato de vídeo, transmitido ao vivo ou não, em uma plataforma digital. Participantes podem interagir apenas por comentários. 

 

O que achou do nosso glossário do empreendedor? Sentiu falta de alguma palavra? Deixe suas sugestões ou dúvidas nos comentários. 

ACP

ACP

ACP: há 129 anos conectando o comércio, a indústria e os serviços.

2 Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.