Você já passou por isso? Começa a fazer um trabalho e dá preguiça, sono, cansaço, acessa as redes sociais ‘vendo tudo’ e, ao mesmo tempo, nada’. Sua cabeça diz: “vamos lá… mais um pouco… se concentre!” e você, por alguns instantes, consegue retomar a atividade. Porém, logo em seguida, outras necessidades impedem de completar aquilo que era sua proposta inicial. Por vezes você até consegue completar uma tarefa, mas sabe que está inferior à sua capacidade produtiva. Conhece essa sensação? Com que frequência isso tem acontecido?

Existe, também, o oposto: você já fez algo que sincronizou seu corpo, mente, alma e atenção? Onde atingiu a máxima performance? Aquele momento que está trabalhando e as horas passam voando, a fome e o sono desaparecem, não escuta o barulho de mais nada. Vive um estado onde a tarefa que está sendo realizada e quem a realiza se fundem em uma coisa só? Há uma imersão profunda do seu estado de consciência. Sua cabeça pensa com tanta rapidez que seu corpo responde com precisão.

Tem um termo para isso: “Estado de Flow”, ou seja, estado de fluxo. Esse conceito foi elaborado na década de 70 pelo psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi, que pesquisava sobre a criatividade de artistas e estendeu sua pesquisa para outros campos alavancando junto com o Martin Seligman a Psicologia Positiva.

 

O que é Estado de Flow?

O Flow é um estado de imersão total. Com foco e concentração máximos, toda a ação, todo o envolvimento e todo o pensamento fluem em sequência à ação, movimento e pensamento que lhes precederam, até o final da realização da atividade. Por conta disso, o estado de fluxo confere um extremo sentimento de bem estar e de realização. Podemos ir além e dizer que é um momento supremo de felicidade.

Helder Kamei, que é mestre em Psicologia Social e do Trabalho pela USP e autor do livro “Flow e Psicologia Positiva: Estado de fluxo, motivação e alto desempenho”, diz que o Flow tem a combinação de quatro elementos: motivação intrínseca, máximo de concentração, estado emocional muito positivo e taxa de alto desempenho.

 

Como entrar em Estado de Flow?

A pergunta que não quer calar é: podemos ter mais momentos de Flow? Você já deve ter percebido o quanto é difícil alcançar esse estado. Pressão do dia a dia, estresse, apelo do mundo digital, falta de tempo e tantos outros componentes minam nossa produtividade máxima.

Sim! É possível, conscientemente, atingir picos de Flow com mais profundidade e não deixar que o acaso tome conta disso.

Acredito que primeiro há necessidade de sintonizar o estado mental e corporal. Quando seu cérebro está ativo e com menor interferência de emoções negativas sua performance melhora, sua concentração se intensifica, sua produtividade aumenta e seu grau de satisfação é elevado. Dentre tantas opções vou passar três estratégias poderosas para preparar seu cérebro para vivenciar com mais constância o estado de Flow:

 

1. Busque algo que harmonize seu corpo e mente

Meditação, relaxamento, esporte, alimentação, música, pintura, atividade artística, leitura, filme. Todos nós temos um canal que possibilita extravasar e repor nossas energias. Qual é o seu jeito de conseguir isso?

 

2. Faça algo fora da sua zona de conforto

Se desafie! Isso cria no cérebro uma instabilidade inicial e depois uma sensação de empoderamento. Acontece um festival de dopamina, serotonina, endorfina, ocitocina. Seu cérebro responde com felicidade.

 

3. Tenha um propósito maior que dinheiro, carreira, sucesso

Quando temos claro que viemos ao mundo para deixar um legado temos meta, foco e atitude. Conseguimos deixar o cansaço de lado, a preguiça de fora, as pressões diárias nos impactam menos. Na hora de produzirmos nosso trabalho, nosso cérebro fica mais ativo e pronto para criar algo que ultrapassa limites e que gera resultados extraordinários.

 

Deixe seu comentário. Compartilhe aqui seu estado Flow. Aquele momento que você entrou num estado intenso de concentração, alegria, produtividade e fez algo incrível. Você tem mais dicas para ajudar os empreendedores que querem ter mais momentos de Flow?

 

Assista ao vídeo “Felicidade, flow e psicologia positiva” de Helder Kamei no TEDxJardins para se aprofundar no assunto:

 

(Texto por Cléia Elaine Soares, professora da Escola de Negócios ACP, psicóloga pós-graduada em Marketing e especialista em Coaching). 

ACP

ACP

ACP: há 129 anos conectando o comércio, a indústria e os serviços.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.